Kaiserdom - A Catedral de São Bartolomeu em Frankfurt

August 27, 2018

     

 

 A história da Dom

 

   A St. Bartholomäus é uma antiga igreja católica doada pelos imperadores à cidade.  A Sé de Frankfurt sobre o Meno nunca foi uma catedral, no sentido da palavra.  Todavia, por sua importância histórica para o Sacro Império Romano, ostenta desde o século XVI este título honorífico.  Pela sua história e pelos elementos que integram a sua construção, oriundos de épocas diferentes, constitui um testemunho importante para quase todas as épocas da história alemã.  Foi por volta do ano 680 que construiu-se, sobre o túmulo de um jovem nobre, uma igreja de pedra da era merovíngia.  A pedra fundamental tem cerca de 12 metros de comprimento e faz parte das antigas instalações do castelo de Frankfurt (você pode ver as ruínas do castelo fora da catedral).  É a mais antiga igreja conhecida na região do médio Reno.  Em 794, teve lugar, na construção que sucedeu a anterior, o grande Concílio de Carlos Magno.  Mais tarde, a partir da Capela Palatina dos soberanos carolíngios, desenvolveu-se uma fundação imperial em honra de São Bartolomeu e de Carlos Magno.  A fim de se criar um espaço para a eleição dos reis construiu-se o Coro a partir de 1315 e o vasto transepto a partir de 1342.  Assim, no século XII, passaram a ser eleitos nesta igreja os imperadores romano-germânicos e os reis alemães, os quais começaram aí a ser coroados em 1562, o que durou até 1792. Depois de 1415, a Câmara Municipal de Frankfurt mandou construir a majestosa torre como expressão de orgulho dos cidadãos pela Igreja Matriz da cidade.  Em 1867, a catedral e sua torre foram destruídas após um incêndio devastador.  Foram reconstruídas, em estilo gótico primitivo, a nave, a torre e o vestíbulo.  Em 1944, durante a Segunda Guerra Mundial, foi novamente destruída e reconstruída em 1953.  Em 1989 passou por uma restauração que durou cinco anos.

 

 

Clique aqui para saber tudo sobre o fuso horário da Alemanha.

 

 

O interior da Catedral.

 

    A base da igreja tem 64 metros e é construída em forma de cruz.

 

 

 

1 – o vestíbulo foi construído em estilo neo-gótico do século XIX, pelo arquiteto Francisco José Denzinger.  O altar da Santíssima Trindade é a única reminiscência da outrora rica decoração barroca da Catedral.

 

2 – no antigo claustro encontra-se o Museu da Catedral, no qual se podem admirar o tesouro que consta de objetos sagrados e paramentos do século XV a XIX, assim como restos arqueológicos encontrados na Catedral.

 

 

 

3 – na Sala Grande da Torre encontra-se, como testemunho da mensagem da fé cristã, o grande “Cruxifixão”, de Hans Backhoffen (1509), que inicialmente se encontrava no cemitério ao lado da Catedral e representa um sinal de consolação e esperança na ressurreição.

 

 

 

 

4 – na chamada “Scheid-Kapelle”, de gótico tardio (1487), está a Pietá neo-gótica de Caspar Weis.

 

5 – também na “Scheid-Kapelle” encontra-se o batistério barroco.   Uma imagem de São João Batista está no local.

 

6 – a Wonfgangskapelle e o espaço contíguo servem hoje para confissões e atendimento pastoral.

 

Saiba como usar o transporte público ilimitadamente e obter descontos nos museus, atrações e restaurantes de Frankfurt.

 

7 – o cruzamento da abside marca o ponto central da igreja.  Era aqui que, na idade média, se fazia a proclamação do novo imperador e, a partir de 1562, sua consagração e coroação.  Hoje, com seu novo altar da autoria de Ulrich Hahn (1993), constitui o centro dos atos litúrgicos da catedral.

 

8 – nas colunas do coro e nos nichos do transepto, encontramos um conjunto de altares que o padre Münzenberger, então pároco de Frankfurt, adquiriu no século XIX. 

 

 

9 – a Capela de Maria, com o altar gótico da Dormição (1434-1438), mostra, na sua pintura, o tom alegre das cores no século XIX e representa a morte e a assunção de Maria.

 

10 – a antiga Capela da Madalena, hoje Capela do Sepulcro de Cristo, juntamente com as restantes representações da catedral sobre a Paixão, recorda a vida de Cristo e sua ressurreição.

 

11 – no transepto sul encontra-se a Tribuna no Órgão (1953-1994) e o antigo tabernáculo, onde se conserva hoje uma relíquia do crânio de São Bartolomeu.

 

12 – no transepto norte pode-se contemplar o “Pranto”, a grande pintura de Van Dick oferecida à catedral, em 1854, pela família Bretano.  Este quadro, bem como numerosas pedras tumulares de nobres da cidade, recordam as importantes doações feitas pelos habitantes de Frankfurt em várias épocas.

 

 

 

13 – na Capela de Pedro e Marcelino, que também era utilizada como biblioteca, reuniam-se os sete príncipes eleitores para eleger o rei.  Por isso também se chama Capela da Eleição.  Em continuidade a sua antiga função, hoje esta capela se destina à oração por uma justa política no mundo.

 

 

14 – no Cadeiral do Coro, o cônegos faziam a oração diária pelo rei, pela cidade e pela paróquia.  As pinturas, as talhas e as esculturas que se encontram no cadeiral e sobre ele recordam, especialmente, os padroeiros da igreja, São Bartolomeu e Carlos Magno.

15 – na abside do Coro, o retábulo gótico do Altar-mor narra cenas do evangelho tiradas da infância e da paixão de Cristo.  Possui figuras dos apóstolos e dos padres da igreja.  Ali se encontra o tabernáculo.

 

    Com fachada avermelhada e sua torre de 95 metros de altura, possui uma varanda gótica com porta de bronze e relevo de São Bartolomeu, que foi incluída, durante sua reconstrução,  pelo artista Hans Mettel.   Gárgulas também são vistas.

 

 

Para saber tudo sobre a St. Katharinen, a igreja protestante de Frankfurt, clique aqui.

 

 

Informações 

Endereço: Domplatz 14.

Visitação gratuita.

Visitação à torre com 328 degraus: € 3,50. 

Horário de visitação: de segunda a quinta e sábado, de 9h às 12h e de 14:30h às 18h.  Durante o inverno até às 17h.

Museu da Catedral: de terça a sexta, de 10h às 17h, sábados e domingos de 11h às 17h.

 

www.dom-frankfurt.de

 

 

Enjoy! 

 

O que visitar em Frankfurt | Dicas de Frankfurt | Roteiro de 1 ou 2 dias em Frankfurt

Please reload

Our Recent Posts

Tomar - A cidade medieval dos Cavaleiros Templários

November 20, 2019

O fuso horário na Suíça. Que horas são na Suíça?

November 17, 2019

Braga - a encantadora cidade portuguesa mais antiga que Portugal

November 17, 2019

1/1
Please reload

Tags

Please reload

 
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn

Blog Partiu by Blog Partiu